Caminha versátil feita com uma bacia velha

Existem várias formas de adaptar bacias para fazer caminhas e casinhas. Esse tutorial é de um modelo básico, mas bem charmoso e que pode se adaptar às necessidades de cada pet! Veja as dicas ao final para customizar a caminha ainda mais.

Material

  • Bacia
  • Tecido: o estampado é aquablock e o outro é corino, ambos impermeáveis, mas você pode usar o preferido do seu pet. Usar uma toalha de mesa também dá um resultado durável e legal.
  • Enchimento: essa foi feita com espuma de travesseiro (é, cortando o travesseiro e tirando a espuma), mas também dá para usar fibra siliconada, flocos de isopor, espuma por metro, etc.
  • Cola quente, tesoura, lápis para marcar, linha e agulha (ou máquina)

Como fazer

caminha-bacia-2 caminhabacia1
Passo 1: Vire a bacia com a boca para baixo e use para marcar dois círculos no tecido. Isso garante que os círculos fiquem um pouquinho maiores do que o fundo da bacia, ou seja, a almofada fica mais alta e confortável.
 caminha-bacia-3 caminha-bacia-4
Passo 2: Costure os tecidos no avesso para não aparecer a linha no resultado final. Deixe um espaço para desvirá-lo e colocar o enchimento.
 caminha-bacia-5 caminha-bacia-6
Passo 3: Coloque o enchimento e feche a costura com ponto invisível (se não sabe o que é, dá uma procurada no YouTube que tem vários vídeos ensinando a fazer, é bem fácil!). Almofada pronta!
caminha-bacia-7 caminha-bacia-8
Passo 4: Corte duas tiras de tecido para cobrir a lateral (menos a alça). Atenção: como a bacia é redonda, o tecido vai enrugar, então corte as tiras mais longas do que o espaço da colagem. Cole-as na bacia, fazendo dobras no meio do caminho para compensar a curvatura.
  caminha-bacia-9 caminha-bacia-10
Passo 5: Corte as tiras para a lateral da alça e use os retalhos para fazer um lacinho.
 caminha-bacia-11
Passo 6: Coloque a almofada e chame o cachorro (ou o gato)!

 

ADAPTAÇÕES POSSÍVEIS:

  • Para cães idosos ou pequenos: Serre a lateral da bacia, para fazer uma “porta”, uma “entradinha” e o dog não precisar pular para subir na cama. A maioria dos gatos dispensa essa modificação.
  • Para destruidores: Coloque um velcro na base da almofada e no fundo da bacia, dificultando para o pet tirar a almofada. Se o velcro não for forte o suficiente (para labradores não costuma ser), faça dois furos no fundo da bacia e “alças” na parte de baixo da almofada, assim você pode amarrá-la com segurança.
  • Para tecidos não impermeáveis: Coloque um zíper na almofada e faça um forro para o enchimento. Quando for lavar a cama, é só abrir o zíper e lavar a capa.
  • Para animais friorentos: Faça uma capa de plush, soft, pelúcia ou pele de carneiro falsa – com zíper.
  • Para gatos ou cães que dormem cobertos: Use velcro para prender uma coberta esticada na parte da cima da bacia, deixando uma pequena abertura para o pet entrar dentro. Gatos amam essa “toquinha”!
  • Para transformar em casinha: Use duas bacias invertidas, uma em cima da outra, unidas pela boca. É só fazer uma abertura na lateral das duas para servir de porta. É uma ótima proteção contra o frio, barata e fácil de limpar.

 

1 Comentário