Pessoas, comida, brinquedinhos ou cheiros: o que os gatos preferem?

gatos preferem pessoas comida

É essa a pergunta que três pesquisadoras das universidades de Oregon e Monmouth dispuseram-se a responder. Em um estudo [1] com 50 gatos, metade de abrigo e metade vivendo com famílias, os peludos ficaram sem contato humano, comida e brinquedos por duas horas e meia, depois foram colocados em uma sala com os três itens, além de uma toalha com cheiros atrativos, e deixados livres para escolher com qual preferiam interagir.

E a maioria dos gatos escolheu… pessoas! Seguido logo depois por comida, depois brinquedinhos e por último cheiro. 19 dos 38 gatos que participaram* escolheram ter contato com pessoas em vez dos outros itens, o que corresponde a 50%, sendo que outros 14 gatos (37%) preferiram comida.  (*O número total considerado foi 38 porque 5 dos gatos ficaram com muito medo para participar e outros 7 simplemente não escolheram nada e sentaram longe de tudo.)

As autoras concluem, porém, que a diferença entre pessoas e comida é muito pequena para determinar que exista uma preferência geral por pessoas, ainda mais considerando as personalidades tão distintas de gato para gato. Mas pessoas e comida estão definitivamente à frente dos brinquedinhos, que apenas 4 gatos preferiram, e de cheiros, que apenas 1 gato preferiu.

Além da preferência entre as quatro categorias, as pesquisadoras investigaram o que cada gato preferia em cada uma. E a conclusão foi que quando interagem com humanos, o que os gatos mais gostam é de brincar e receber agrado, e por último ouvir a voz. Das comidas, atum ficou à frente de petiscos, mas empatou com carne de galinha; as autoras observaram que em relação à comida, os gatos tendem a preferir o que já estão acostumados a comer.

Dentre os brinquedinhos, o campeão foi um brinquedo em movimento, ganhando disparado de um ratinho e uma pena estáticos, o que era esperado dado que os gatos preferem brinquedos que lembram mais suas presas (e presas não ficam paradas, não é?).  Dentre os cheiros, a maioria preferiu catnip (alguém tinha dúvidas?) do que cheiro de outros gatos ou cheiro de gerbil (um pequeno roedor, ou seja, presa).

Conclusão? Gatos amam pessoas! Tanto quanto, ou talvez até mais, do que comida! E eles amam ainda mais brincar com suas pessoas – com um brinquedo em movimento, claro. Então, no geral, quando for mimar seu peludo pode ser melhor interagir com ele do que sair comprando todos os brinquedinhos da pet. Caso queira, você pode reproduzir o experimento em casa e tentar descobrir o que o seu peludo prefere, afinal, cada gato é um gato.

 

[1] Vitale Shreve, Kristyn R., Mehrkam, Lindsay R., Udell, Monique A.R., Social interaction, food, scent or toys? A formal assessment of domestic pet and shelter cat (Felis silvestris catus) preferences. Behavioural Processes. http://dx.doi.org/10.1016/j.beproc.2017.03.016

 

Foto: Stratman

Comentários desativados.