Lar temporário: abra sua casa e seu coração para um animal abandonado

lar temporario

Existem muitas pessoas, grupos e ONGs engajados em ajudar animais abandonados. Mas todos enfrentam o mesmo problema: falta de recursos para acolher os tantos que precisam, principalmente espaço. É aí que surge uma solução e uma oportunidade para qualquer um ajudar também: o lar temporário (LT).

 

O que é?

Lar temporário é quando alguém se compromete a acolher em casa um animal abandonado até que ele seja adotado por uma família definitiva. Muitas ONGs fornecem a maioria das coisas que o animal vai precisar: ração, caminha, pratinhos, atendimento veterinário, remédios, castração; nesses casos a família que faz o lar temporário só precisa ceder um espacinho em casa e dar o amor e atenção que o peludo merece. A própria ONG também se encarrega de encontrar um adotante e conseguir caronas quando necessário.

Em outras situações, quem resgatou o peludo não tem condições de contribuir com um ou mais dos itens acima, ficando a cargo da família que faz o lar temporário fornecer alimentação, atendimento, etc. O importante é combinar antes de acolher o animal quem vai assumir o quê para evitar mal entendidos. Lar temporário é um ato de amor – e de responsabilidade!

lar temporario caes gatos

Cuidados em relação ao espaço

A maioria dos animais resgatados não precisa de um espaço muito amplo, um cômodo, lavanderia, quarto, escritório, já basta. É necessário que seja protegido do frio, calor, sol excessivo e chuva. Também é importante que tenha, além dos itens básicos, brinquedinhos, caixas e enriquecimento ambiental. Lembre-se de manter o espaço sempre limpo já que o animal pode ter a saúde debilitada. Certifique-se de que está tudo seguro e ele não tem por onde sair (para ele, esse é um ambiente estranho e isso pode ser assustador).

lar temporario gatos cuidados basicos dicas

Cuidados em relação ao animal que ficará de LT

A vida na rua é dura e cheia de perigos, o animal que foi resgatado pode ter traumas e inclusive medo de pessoas. O contrário também é comum, se ele foi abandonado, pode ter medo de que aconteça de novo e se desesperar se for deixado sozinho. É fundamental compreender a situação e ter muita paciência, dedique um tempo do dia para dar atenção a ele e deixe-o sempre o mais confortável possível (para gatos, uma opção bacana é usar Feliway).

Além disso, é importante vermifugá-lo e passar um anti-pulgas e carrapatos (existem comprimidos como o Capstar que eliminam pulgas em questão de minutos). A vacinação e castração só devem ser realizadas quando a saúde dele estiver boa. Converse com a ONG, quem fez o resgate e/ou um veterinário para conhecer as necessidades específicas daquele animal, bebês, idosos, animais feridos/doentes e fêmeas grávidas exigem cuidados extras.

lar temporario cuidados animal

Cuidados em relação aos seus animais

Não deixe seus peludos terem contato direto com o animal que estará de LT antes de certificar-se que ele está saudável, livre de doenças contagiosas e parasitas. Se pretende deixá-lo no mesmo espaço que os seus animais, leve-o para uma consulta e exame de sangue. Para gatos, é fundamental fazer o teste de FIV e FeLV e, mesmo assim, é mais seguro que ele nem tenha contato com os seus gatos por todo período de LT (inclusive por questões de adaptação).

 

AMEI! QUERO SER LAR TEMPORÁRIO! E AGORA?

Agora você pode procurar uma ONG (temos uma lista aqui) e entrar em contato dizendo que você quer ajudar e está disponível para ser lar temporário. Se não tiver uma ONG na sua cidade, busque por grupos de adoção e proteção animal no Facebook – sempre, sempre, tem um peludo precisando de um cantinho. Depois, é só receber a recompensa em ronrons e rabinhos abanando!

 

Fotos: Patrick aka Herjolf, Robyn , mononokin, Nicholas Istre.

Comentários desativados.