Vacinas, check-up anual e cuidados básicos com a saúde dos gatos

check up anual veterinario gatos exames

Quando o assunto é saúde, é sempre melhor prevenir do que remediar. Especialmente com os peludos, que às vezes não demonstram que estão doentes até ser tarde demais. Por isso é importantíssimo manter a carteirinha de vacinação em dia e fazer pelo menos um check-up por ano no veterinário de sua confiança (veja aqui algumas dicas para escolher um bom profissional).

Caso seu peludo fique muito nervoso ao sair de casa e o atendimento à domicílio não seja uma opção, clique aqui para ler algumas ideias sobre como diminuir o stress da visita à clínica.

 

Vacinas

Gatos adultos precisam tomar duas vacinas uma vez ao ano, o reforço da antirrábica e da polivalente. Elas podem ser aplicadas no mesmo dia e não costumam dar reação, mas é importante avisar o veterinário caso o gato apresente comportamento anormal nos dias seguintes à aplicação.

Os filhotes, ou gatos que nunca foram vacinados, tomam três doses da polivalente, uma por mês, e a antirrábica no último mês. Animais idosos saudáveis também precisam ser imunizados – não é só porque o peludo ficou velhinho que ele não corre riscos, pelo contrário, é neste momento que a atenção com a saúde precisa ser redobrada.

A antirrábica, como o nome diz, é para prevenir a raiva. Já a polivalente pode ser tríplice (V3), quádrupla (V4) ou quíntupla (V5), e elas protegem contra as seguintes doenças:

  • Polivalente V3: calicivirose, rinotraqueíte e panleucopenia.
  • Polivalente V4: calicivirose, rinotraqueíte, panleucopenia e clamidiose.
  • Polivalente V5: calicivirose, rinotraqueíte, panleucopenia, clamidiose e leucemia felina (FeLV).

A quíntupla é a que protege contra uma gama maior de doenças, porém nem todos os veterinários têm essa opção disponível. Caso seu gatinho tenha acesso à rua ou contato com outros animais (gatos de lar temporário, por exemplo), vale a pena buscar um veterinário que trabalhe com a quíntupla, já que a FeLV é uma doença muito grave que não tem cura.

vacinas anuais gatos v3 v4 v5

Check-up

O check-up normalmente é feito junto com a vacinação, uma vez ao ano caso o gato seja jovem e saudável. Ele nada mais é do que uma consulta em que o veterinário examina fisicamente o gato e vocês conversam sobre os hábitos e a saúde geral dele. Este também é o momento para falar sobre comportamento, ambiente e alimentação. Você pode – e deve! – tirar todas as suas dúvidas.

É importante realizar todos os exames preventivos que o veterinário recomendar, eles podem detectar algo logo no início e salvar a vida do seu peludo! E não é só porque o veterinário diz que está tudo bem que as coisas realmente estão bem, quem melhor conhece seu gato é você! Caso suspeite de algo, mesmo que o veterinário diga que não é preciso, insista em fazer exames de sangue, urina ou imagem.

vacinas cuidados saude gato

Outros cuidados

Estes são alguns cuidados extras que todo humano que convive com um gatinho deve ter em mente, mas lembre-se que nada substitui as orientações de um bom veterinário, se suspeita que seu gato precise de algum destes cuidados, leve-o para uma consulta!

Castração: pela saúde do seu peludo e para evitar mais gatinhos sem lar, a castração é fundamental e deve ser feita o quanto antes — ela pode ser realizada a partir dos três meses de idade em machos e fêmeas e ajuda a prevenir o câncer de mama (leia mais aqui).

Vermífugos: alguns veterinários recomendam a vermifugação de 4 em 4 meses, especialmente para gatos que têm acesso à rua ou contato com outros animais. Porém, se o gatinho fica dentro de casa, está saudável e as fezes estão normais, não é necessário dar vermífugos todos os anos.

Pulgas e carrapatos: se o gato fica dentro de casa, sem contato com outros animais e o ambiente é adequado (arejado, higienizado), dificilmente terá pulgas ou carrapatos e só deve ser medicado em caso de infestação. Se ele tem acesso à rua, por outro lado, é importante prevenir com o uso de antipulgas em pipeta (aqueles que se aplica na nuca do animal) e aspirar a casa com frequência (a maioria das pulgas fica no ambiente em forma de ovo e larva, e não no peludo).

Exame de FIV/FeLV: as chamadas AIDS e leucemia felina são doenças graves que não têm cura, passam de um gato para outro e podem não apresentar sintomas por longos períodos. Por isso, é importante fazer o exame de FIV e FeLV pelo menos uma vez, de preferência assim que adotar o gato, antes que ele tenha contato com seus outros animais. Saiba mais sobre essas doenças sérias aqui.

Exame dos rins: a insuficiência renal crônica é uma condição assustadoramente comum que afeta os rins de gatos de todas as idades e não tem cura, embora possa ser controlada com alimentação adequada e tratamento, se for diagnosticada cedo. Principalmente se o gato vomita com frequência, emagreceu de repente e bebe muita água, é importante fazer exames de urina, sangue e ultrassom dos rins.

Saúde bucal: a saúde bucal é extremamente importante, pois dentes com tártaro (amarelados, escuros, com placas) podem levar bactérias aos órgãos internos e a gengivite (gengivas inflamadas e vermelhas) é uma condição que causa dor e pode fazer o gato parar de comer. Observe sempre a boca do seu gato, existem tratamentos eficientes com antibiótico e gel de higienização – a limpeza e raspagem de tártaros com anestesia só é necessária em casos mais graves.

Controle do peso: gatos não podem perder peso “de repente”! Se suspeita que seu gato esteja emagrecendo, corra para o veterinário, pois algo está errado. E o contrário também é preocupante já que a obesidade pode trazer muitas complicações de saúde. Por isso, sempre pese o gato durante o check-up e faça o controle por escrito junto com a carteira de vacinação. Se tiver uma balança em casa, você pode pesá-lo com maior frequência e manter um controle ainda melhor.

 

E depois de todos esses exames, consulta, vacinas e cuidados, independentemente do resultado, dê um abraço forte no seu peludo e diga que foi tudo porque você o ama! E claro que ele merece muitos sachês.

 

Fotos: John Donges, Jeffrey Beall, Jennifer C.

Comentários desativados.