Cinco jogos divertidos para você brincar com seu cachorro

Na rotina corrida de trabalho, pode ser difícil dar a atenção que seu amigo merece. Mas quando chega o final de semana, vale a pena investir um tempinho com ele. E como jogar a bolinha pode ser meio enjoativo depois de um tempo (a não ser que você tenha um labrador ou um golden), seguem abaixo algumas opções para vocês variarem a brincadeira e o cachorro ficar sempre interessado. Boa diversão!

 

Brinquem de Frisbee

frisbee

Se tiver espaço, ou um parque onde possa soltar seu amigo, jogue frisbee. Se não estiver acostumado ele pode demorar a entender a brincadeira, então para ensiná-lo esfregue um petisco no disco (só para deixar o cheiro) e diga “bom menino” toda vez que ele pegá-lo. É uma brincadeira ótima para ele se exercitar e divertida para vocês dois. Principalmente se o cachorro for muito pequeno, prefira frisbees mais macios para não machucá-lo quando ele pular para pegar.

 

Façam uma trilha

trilha

O exercício físico e mental e o contato com a natureza são uma verdadeira terapia anti-stress para você e para o seu cão. Comece com trilhas fáceis e mais curtas para vocês não penarem demais, e deixe-o descansar um pouco se perceber que está muito puxado. Leve água (para vocês dois), mas não deixe ele beber quando estiver muito cansado – espere-o recuperar o fôlego. E não se esqueça de tirar fotos, a maioria das trilhas tem um cenário perfeito para um book do seu amigão!

 

Incentive-o a farejar: esconda petiscos!

focinho

Esse jogo estimula a inteligência do cachorro ao esconder petiscos que ele precisa achar usando o olfato. Em vez de deixá-lo deitado num canto enquanto você mexe no computador (tipo agora), esconda petiscos no cômodo, assim vocês ficam juntos e ele se diverte enquanto você trabalha (ou vê as novas no face).

É simples ensiná-lo a procurar: enquanto ele estiver olhando, coloque o petisco num lugar bem óbvio e dê o comando (do tipo “Max, procura o biscoito” ou “Cade o biscoito, Max?”). Vá aumentando a dificuldade, escondendo em lugares mais difíceis a cada vez. Ele vai entender aos poucos que o comando quer dizer que tem um petisco escondido por perto. Depois que ele se acostumar você pode esconder nos lugares mais difíceis possíveis (se ficar muito difícil, faça um rastro de cheiro esfregando o petisco nas proximidades do esconderijo).

 

Faça bolhas

bolhas

Os cachorros adoram bolhas! Elas se mexem de uma forma independente e inesperada que imita o movimento de uma presa, e mesmo o poodle ou shih tzu mais mimado no fundo no fundo é um caçador. Esse jogo é ótimo para brincar com vários cães ao mesmo tempo, já que tem “presa” para todo mundo! Se não tiver aquela bolha de sabão industrializada, improvise uma em casa: use um arame (serve até aquele de pão) para fazer o soprador redondinho ou molhe um canudo comum na mistura de água e sabão e assopre. Se quiser que as bolhas fiquem mais firmes, você pode acrescentar um pouquinho de amido na mistura.

 

Choveu? Brinquem em casa!

copos

Muitos quebra cabeça e desafios podem ser improvisados com o que você já tem e não precisam de muito espaço. Por exemplo, esconda petiscos embaixo de copos plásticos e deixe seu cachorro quebrar a cabeça para descobrir como pegá-los. Outra opção é pegar uma toalha ou tecido velho e dar um nó com um ossinho dentro. E se você gosta de cozinhar, porque não aproveita para fazer uns petiscos caseiros naturais para ele? Se seu cachorro for mais velhinho ou não estiver muito com vontade de fazer nada, faça uma massagem suave ou simplesmente dê 15 minutinhos de atenção e agrado para ele (só para ele, não vale ficar falando no celular ou vendo TV).

Enfim… você tem um parceiro patudo super afim de passar um tempo com você, aproveite =)

 

 Fotos: Eddy Van 3000, vastateparksstaff, Malingering, Bill Blevins e Brittney Bush Bollay

Comentários desativados.