Gatos e cordas: uma combinação perigosa

gatos e cordinhas novelo lã perigoso

Os gatos adoram qualquer coisa que se mexa. E nada se mexe mais do que uma cordinha. A ponta do novelo de lã pulando para lá e para cá é simplesmente irresistível para eles, mas também pode ser letal.

Parece difícil acreditar que uma cordinha possa fazer tanto estrago, porém elas não só podem como fazem, e acidentes infelizmente acontecem com frequência – e pode você pode demorar a perceber que tem algo errado. Existem dois riscos principais: a corda ser engolida ou causar estrangulamento. Entenda cada um abaixo e veja como se prevenir.

 

Risco de engolir

A língua dos gatos é áspera porque é cheia de papilas, aqueles “espinhos” ao contrário (com a ponta para o fundo da boca). As papilas servem para ajudar o gato a remover sujeira dos pelos ou arrancar a carne grudada nos ossos da presa (veja mais aqui). Por isso, qualquer coisa que se prenda nas papilas tem a tendência a ir para dentro da boca – cordinhas inclusive.

Uma vez que a corda entra na boca e fica presa nas papilas, o gato não tem como “cuspi-la” e só lhe resta a opção de engolir. E engolir mais. E mais. E mais. Até que a corda toda seja engolida. E aí mora o perigo: a corda se torna o que é chamado de corpo estranho linear e pode enganchar em vários pontos desde a garganta até o intestino do gato, causando asfixia, bloqueios, se emaranhando ou até rasgando as paredes do intestino, causando infecções e complicações que levam rapidamente à morte.

E o que fazer se o gato engolir uma corda? Veterinário imediatamente! Não tem “mas” e não tem nada de tentar puxar a corda caso ela esteja para fora da boca ou do ânus – você não sabe até onde ela vai ou se está presa e pode causar um estrago feio.

 

Risco de estrangulamento

É menos comum, mas acontece: o gato está brincando com uma cordinha e ela dá uma volta no pescoço. Se você está por perto consegue soltá-la antes de acontecer qualquer problema, mas se o gato está sozinho vai se desesperar e pode acabar se estrangulando ou se enroscando e enforcando em algum lugar. Mesmo quando enrola na patinha ou na barriga a corda pode causar machucados perigosos.

 

Como prevenir

Da maneira mais óbvia: tirando toda e qualquer cordinha do alcance do gato. Isso inclui pontas soltas do varal, barbantes, novelos, linhas de costura e até elásticos, inclusive de cabelo. Em época de festas, busque alternativas segura para a decoração da casa, evitando fitas na árvore de natal, fios de luz soltos e bexigas presas com barbante.

Os brinquedos de corda (aquelas varas de pescar para gatos) são maravilhosos e toda casa que tem gatos deve ter um verdadeiro arsenal deles, MAS a brincadeira deve ser sempre supervisionada e assim que ela acabar o brinquedo deve ser guardado completamente fora do alcance do gato – dentro de um armário ou gaveta que ele não consiga abrir e não tenha acesso.

 

Foto: Stefan Tell

Comentários desativados.