Problemas com a caixa de areia?

problemascaixadeareia

Pode começar de repente, pode ser que o gato nunca tenha usado a caixa de areia, o problema é tão comum que é uma das maiores causas de contratação de comportamentalistas. Mas na verdade, o “problema” mesmo costuma ser que a maior parte das famílias não entende seus gatos e suas necessidades. Dúvida? Então confere essas dicas para entender melhor o mundo do seu bichano e nunca mais encontrar surpresas fora da caixa de areia:

 

Visite o veterinário

A primeira coisa a fazer quando você percebe alguma coisa estranha no comportamento do gato é correr para o veterinário. Ele pode ter parado de usar a caixa de areia por estar sentindo algum desconforto, e se chegou ao ponto de mudar os hábitos dele a coisa pode estar feia. Faça um check up completo e um exame de sangue para ter certeza de que está tudo OK.

 

Castre seu gato

Os animais não têm portas e cercas na natureza para marcar seus territórios, então eles marcam com xixi e arranhões. Se seu gato ainda não é castrado, ele está marcando a casa dele e quanto mais cedo for castrado maiores as chances de o problema desaparecer. E isso vale para fêmeas também!

 

Tenha mais de uma caixa de areia

A regra geral é uma caixa para cada gato da casa e mais uma extra. Se você tem dois gatos, por exemplo, a recomendação dos especialistas é ter três caixas, e de preferência separadas. Eles podem querer usar o banheiro ao mesmo tempo, podem querer um banheiro particular, podem ter medo de usar a caixa do outro gato e não querer fazer xixi onde já tem xixi de outro. É importante também deixar cada caixa num ambiente seguro, onde o gato possa ter para onde correr caso seja emboscado pelo outro. Para gente é melhor enfiar a caixa no cantinho mais isolado da área de serviço, mas para o gato pode ser o pior lugar possível.

 

Compre uma caixa grande e aberta

Sabe aqueles banheiros químicos portáteis de eventos? Aquela cabine azul? Pois é, ninguém gosta daquilo. E, acredite, seu gato também não! Quando a questão é higiene, os gatos são tão frescos quanto as pessoas, e uma caixa de areia fechada com tampa é bem parecida com aqueles banheiros azuis, cheia de odores fortes e super apertada. Escolha uma caixa de areia aberta e espaçosa, o gato precisa sentir que aquele é um ambiente limpo e precisa poder se virar para cavar. Se a areia cai muito para fora, escolha uma caixa com borda mais alta ou borda virada para dentro, afinal é melhor isso do que xixi no sofá, não?

 

Mantenha a areia limpa

Mais uma vez, os gatos são frescos como as pessoas em relação ao banheiro. Nós odiamos banheiro sem dar a descarga, e o seu gato também! Esse pode ser um bom motivo, na cabeça dele, para começar a usar seu jardim (limpinho, grande, aberto) em vez da caixa suja dele. Troque sempre a areia e não deixe acumular sujeira – se preciso, tenha mais de uma caixa.

 

Mude a areia

Areia ruim é o equivalente felino ao banheiro de bar, daqueles que você entra de sandália e sai com o pé molhado. Para os gatos, pisar numa areia de molhada é extremamente desconfortável e o seu tapete felpudo é muito melhor. Se estiver tendo problemas, evite areias muito baratas e areias de argila que viram um barro só. A textura também é importante para alguns gatos, se as pedrinhas não estão funcionando, escolha areia mesmo, existem algumas super fininhas que não machucam a patinha do gato.

 

Melhore a autoestima do seu gato

Se nada funcionou, as chances são de que o seu gato é um gato com baixa autoestima. Xixi fora da caixa de areia é um comportamento clássico do gato inseguro, pode ser porque ele tenha medo do cachorro do vizinho que late na porta dele, pode ser que ele esteja traumatizado com uma mudança. A primeira coisa a fazer para ele se sentir seguro é ter várias prateleiras e lugares altos. Então, para ajudá-lo a se sentir melhor, você precisa deixar ele fazer o que nasceu para fazer: caçar. Compre um brinquedinho interativo e brinque, muito! Duas sessões diárias de 15 minutos de brincadeira interativa fazem toda a diferença para o seu gato. Deixe ele pegar o brinquedo várias vezes ao longo da brincadeira. Ele vai se sentir muito mais feliz e confiante em si mesmo, do tipo “puxa eu sou um super-caçador, olha que legal, não preciso marcar meu território, se alguém entrar eu acabo com ele igual esse brinquedinho!”.

 

Por fim…

Limpe muito bem os lugares que o gato usou de banheiro. Mesmo que aprenda a usar a caixa de areia, ele pode continuar voltando para esses lugares caso sinta cheiro de xixi. Existem produtos enzimáticos em pet shop que eliminam completamente o cheiro, mas vinagre comum diluído com um pouco de água também pode ajudar! Lembre-se que seu gato tem o nariz beeeeeem melhor que o seu, então mesmo que você não esteja sentindo nada, pode ser que ele esteja!

 

Foto: WJ van den Eijkhof

Comentários desativados.