Por que o gato te segue até o banheiro?

Se você não fechar a porta, ele vai entrar com você, miar, passar a cabeça e a cauda na sua perna, talvez até subir no seu colo. Se fechar, ele vai te esperar miando do lado de fora, pular na maçaneta ou até passar a pata pelo vão da porta. O que, afinal, tem de tão interessante no banheiro?

Você!

O primeiro motivo para o miau te seguir até o banheiro é porque é onde você está. Ele gosta de ficar no mesmo ambiente que você, e o banheiro é um cômodo como outro qualquer para ele. Na verdade, tem até uma vantagem: para o gato, você está só em uma cadeira estranha sem fazer nada, sem distração de computador, televisão, livro… ou seja, é um ótimo momento para conseguir sua atenção!

Curiosidade

Você entra ali, fecha a porta, e deixa ele de fora. Na mesma hora clica o alerta de curiosidade do gato: o que você está fazendo ali? Por que ele está para fora? Por que ele não pode entrar junto? Por que você senta ali e não faz mais nada? Por que você ia querer se enfiar debaixo da cachoeira-chuveiro voluntariamente? E isso vale para qualquer cômodo, tente fechar a porta do quarto e deixar ele de fora para ver se ele não vai querer entrar lá com você!

Água fresca

Para os gatos que já descobriram a torneira, a água fresca, geladinha e corrente é um grande atrativo para te seguir até o banheiro e aproveitar para tentar descolar alguns goles.  Alguns também criam o hábito de lamber o chão do box depois que o humano sai do banho, mas lembre-se que ali tem resíduos de sabonete e xampu e pode intoxicar o peludo!

Lugares frescos para relaxar

Por fim, alguns gatos seguem os humanos ao banheiro pelos motivos acima e acabam descobrindo alguns lugares fresquinhos para relaxar em dias de calor, como a pia, que é também convenientemente redonda e dá a sensação de proteção. Outros gostam de se aventurar em cima do box ou armários, principalmente se tiver algum mosquito por perto. Assim, toda vez que você entra lá se torna um convite para o miau ir também.

 

Foto: MaryAnn Schwartz

Comentários desativados.