Pica: gatos que comem plásticos ou chupam tecidos

28/07/2014=^.^=

pica

Os gatos têm muitos hábitos que são estranhos para a gente, e comer coisas não comestíveis é um deles. Desde plástico, tecidos, meias, até areia do banheirinho. Normalmente o comportamento acontece uma vez ou outra, ou só na infância do gatinho. Mas caso ele se torne recorrente é considerado uma síndrome chamada pica.

A pica pode ser extremamente perigosa para o animal, já que ele pode ter obstruções intestinais (atenção a mudanças no hábito de ir ao banheiro dele) ou comer materiais tóxicos (a areia da caixinha é especialmente perigosa). Existem várias razões identificadas como causas da pica, e várias possíveis soluções.

Como o comportamento é um tanto obsessivo, quanto antes for feita a intervenção, melhor. A primeira coisa a fazer é tirar de perto dele tudo que for um “alvo” (afinal não é legal deixar cigarro na frente de quem quer parar de fumar, certo?). Plante graminhas para o gato mastigar no lugar do material que causa o problema, pode ser aquela vendida em pet shop ou outra comestível, como a do milho – veja aqui como plantar.

Depois, reconheça a causa específica do comportamento. Veja abaixo as opções freqüentes e como resolvê-las. Lembre-se que se o comportamento não parar, é bom consultar um especialista o mais rápido possível.

Doenças: câncer, tumores na tireóide, infecções e anemia podem fazer o gato desenvolver pica. Mas normalmente comer coisas não comestíveis não é o único sintoma, observe outras mudanças no comportamento do gato. Para garantir, antes de mais nada, faça um visitinha ao veterinário.

Alimentação: falta de fibras na dieta pode fazer o gato buscar fontes alternativas do componente. Nesse caso, mude a ração por uma com mais fibras e converse com o veterinário sobre como complementar a alimentação seu amigo (a graminha é ótima para isso).

Tédio e stress: como é um comportamento compulsivo, a pica está associada a condições psicológicas. Brinque com seu gato pelo menos 15 minutos por dia, com briquedinhos interativos de corda (veja aqui como fazer um). Deixe à disposição dele vários quebra-cabeças, serve desde uma caixa com furinhos e uma bolinha até brinquedos elétricos que se mexem sozinhos.

Separação precoce da mãe: além de que se separar da mãe é uma causa imensa de stress, quando o gatinho chupa tecidos recria o movimento de mamar, e isso é um gesto reconfortante para eles. Quando essa é a causa, o comportamento tende a desaparecer conforme o gato for crescendo. Dê bastante atenção para ele nos primeiros dias, deixe ele dormir perto de você ou na companhia de outros gatos e brinque bastante com ele.

Composição da areia: comer a areia da caixinha é relativamente comum em filhotes, mas se o gato adulto começou o comportamento de repente pode ser sinal de problema – veterinário já! Qualquer que seja a causa, troque de material ou marca (se usava argila, tente a de madeira, por exemplo). Escolha opções mais naturais sem cheiro e não-sílicas, já que a composição da maioria das areias é tóxica e pode causar sérios problemas de saúde caso ingerida (a sílica é perigosa até de ser inalada).

 

Foto: hehaden