Toxoplasmose: a culpa não é do gato!

Existem muitos mitos infundados sobre a toxoplasmose que, infelizmente, só servem para fazer muitos gatos perderem suas casas e até suas vidas, e não ajudam em nada a prevenir a doença. O que ajuda mesmo, pessoas e animais, é informação. Por isso seguem as principais perguntas e respostas sobre a toxoplasmose, inclusive como preveni-la (que não envolve culpar os gatos!).           

 

O que é toxoplasmose?

Toxoplasmose é uma doença infecciosa que pode não ter sintomas ou causar dor no corpo, febre e mal-estar leves. Ela não é contagiosa, ou seja, não passa de uma pessoa ou animal para outro.

 

Como se pega toxoplasmose?

O contágio normalmente se dá pelo consumo de carne mal-passada ou frutas e verduras que não foram higienizadas corretamente, raros casos ocorrem por ingestão de fezes infectadas que tenham mais de 5 dias.

 

E o gato com isso?

Todos podem pegar toxoplasmose comendo carne ou alimentos contaminados, inclusive gatos que têm acesso à rua para caçar e podem se alimentar de animais infectados. Para os gatos, a toxoplasmose é assintomática e apenas uma única vez em toda sua vida o gato infectado liberará cistos do toxoplasma nas fezes. Estes cistos só se tornam contaminantes após cinco dias no ambiente.

 

Então não tem como pegar toxoplasmose de gato?

Não, não tem como pegar toxoplasmose de gato! A toxoplasmose não é contagiosa. É possível, porém muito raro, pegar toxoplasmose colocando na boca as únicas fezes contaminadas que um felino com acesso à rua liberará em toda sua vida, mas para isso é necessário ingerir as fezes após terem ficado mais de cinco dias no ambiente. Resumindo: é possível, embora raríssimo, pegar toxoplasmose ingerindo cocô velho de gato.

 

E como se evita pegar toxoplasmose?

Não comendo carne mal-passada e lavando bem frutas e verduras.

 

E o que a toxoplasmose tem a ver com gravidez?

A toxoplasmose, embora pouco preocupante para adultos e crianças, é perigosa para o bebê que está sendo gerado no útero da mãe. Por isso, para prevenir-se e evitar sequelas ou abortos, todas as grávidas que não tenham tido toxoplasmose devem deixar de comer carnes mal-passadas e higienizar todas as frutas e verduras, inclusive maçãs e peras que são comidas com casca.

 

Tenho um gato, devo me preocupar em caso de surtos de toxoplasmose?

Se seu gato fica dentro de casa e é saudável: não, você não precisa se preocupar.

Se seu gato tem acesso à rua (o que não é recomendado): além de todos os riscos e perigos da rua, ele pode se infectar comendo um roedor ou outro animal. Porém ,a toxoplasmose não é perigosa para os gatos e você não irá se contaminar com as fezes dele (a não ser que tenha o hábito de deixar as fezes há mais de cinco dias na caixa de areia e de não lavar as mãos depois de limpar a areia e antes de comer). Mas atenção: no caso de um surto no seu bairro, mantenha seu gato dentro de casa para a segurança dele, pois muitas pessoas cruéis e desinformadas envenenam gatinhos nessas situações.

 

ESTOU GRÁVIDA, O QUE DEVO FAZER COM MEU GATO?

Amá-lo, abraçá-lo, beijá-lo, dormir com ele na cama, deixar ele ronronar para o bebê na sua barriga e, claro, contar a novidade de que ele vai ganhar um irmãozinho (a)!

 

Foto: Jamie Baker

Comentários desativados.