Descubra por que os gatos ignoram quando chamamos – e como mudar isso

gato-vir-quando-chama

Imagine que você é criança e está na sala da sua avó, aquela que faz brigadeiro no meio da tarde e dá um dinheirinho escondido. Ela te chama lá da cozinha, o que você faz? Corre para a cozinha, claro! Alguma coisa boa vai ter por lá, não é?

Agora imagine que você, ainda criança, está na sala da sua própria casa. Seu irmão, aquele que vive te pregando peças, chama lá da cozinha. O que você faz? Ignora, claro! Você sabe que vai chegar lá, não vai ter nada e ele vai falar alguma coisa do tipo “valeu por ter vindo, pode voltar”. Então para que perder tempo?

Pois bem… Seu gato é exatamente como você! Ao contrário dos cachorros que vão vir correndo de qualquer lugar antes mesmo de você terminar de falar o nome deles, gatos não gostam de perder tempo, principalmente se for interromper a soneca deles.

Apesar de serem mestres da arte de fingir que não ouvem, eles sabem sim os próprios nomes e escutam super bem, mas antes de saírem correndo e gastar energia desnecessária, eles avaliam se quem está chamando é a avó do brigadeiro ou o irmão das pegadinhas.

E por isso eles ignoram quando nós chamamos, porque na maior parte das vezes que os chamamos ou é para nada ou é para apertá-los, segurá-los, dar remédio, levar no veterinário. E pior: muitas vezes quando falamos o nome deles é para… dar broncas!

Então porque seu gato ia perder tempo? Ou arriscar atender o chamado e ir parar no veterinário? Melhor ignorar! Mas relaxe, é super fácil virar a vovó carinhosa e ensinar seu gato a vir quando você chama. Na verdade, são só três regrinhas:

 

  1. Nunca fale o nome do gato no meio de uma bronca! Ou melhor: nunca fale nada numa bronca, isso só vai irritá-lo. Quando pegá-lo fazendo arte, só faça aquele “tchiiiii!” e bata palmas, é mais eficiente.
    .
  2. Nunca chame o gato sem motivo nem para fazer algo que ele não goste, como dar remédio, mostrar para as visitas (argh!), ir ao vet, ser apertado, etc, etc.
    .
  3. Sempre que chamar o gato, recompense-o! Depois que ele vier, fale o quanto ele é lindo, dê um petisco, brinque com uma “vara de pesca”, abra o sachê preferido dele…

 

Pronto, agora seu miau vai adorar quando você chama, mesmo no meio de uma soneca!
(ok, talvez não no meio da soneca)

Mas atenção: se você balançar a caixa de petiscos enquanto chama o gato, ele vai vir, mas não porque você chamou, e sim porque o petisco “chamou”. Sempre o chame primeiro e logo em seguida mostre a recompensa, só assim ele vai associar você chamando o nome dele com uma coisa boa, em vez de associar a coisa boa só com o barulho dos petiscos ou do sachê abrindo.

 

Foto: David K

Comentários desativados.