A misteriosa origem de “o gato comeu sua língua?”

gato comeu sua lingua por que falamos expressao origem

Qualquer pessoa que conviva com um gato sabe o quão estranha é a ideia de ele comer a língua de alguém, e a origem da expressão “o gato comeu sua língua?” não é nada menos estranha.

Para começar, ela é usada quando a pessoa fica quieta ou sem resposta e existe em várias línguas além do português: no inglês, cat got your tongue?; no italiano, il gatto ti ha mangiato la lingua?; no espanhol, ¿Te ha comido la lengua el gato?; no francês, Le chat a mangé ta langue?; no catalão, Que se t’ha menjat la llengua el gat?.

Existem várias teorias sobre sua origem, mas a maioria não passa de suposições. Uma delas é que a expressão venha da marinha britânica, que tinha o chamado cat o’ nine tales (gato de nove caudas), um chicote com nove pontas usado para punir os marinheiros. O castigo era tão cruel que as vítimas ficavam sem conseguir falar por causa da dor.

Outra hipótese é que a expressão tenha origem na antiga punição de mentirosos e blasfemos: ter a língua cortada fora. Essa prática foi comum na Europa medieval, mas já era usada desde a Antiguidade – inclusive no Egito, onde os gatos eram divindades e alguns autores, como Albert Jack [1], supõem que as línguas dos mentirosos pudessem ser dadas a eles como oferenda aos deuses.

Uma frase parecida é usada na França e pode ajudar a dar luz à questão. Donner sa langue au chat quer dizer “dar sua língua ao gato” e tem o sentido de desistir de tentar algo, principalmente uma charada (é parecido com o nosso “jogar a toalha”). No francês, a expressão começou como “dar a língua aos cães” porque davam-se os restos de comida a eles, ou seja, se alguém desistisse de tentar responder algo, poderia dar sua língua aos cachorros porque ela não serviria mais para nada.

Foi no século XIX que a expressão francesa mudou para “dar aos gatos”, possivelmente porque eles eram tidos como confidentes, aqueles a quem era possível contar muitos segredos, sendo tidos, por isso, como sábios. Assim, dar aos gatos era desistir de tentar e deixar que o sábio gato desse a resposta. Entretanto, “dar aos gatos” no sentido de desistir é ainda muito diferente de “o gato pegar/comer”, que também existe no francês.

Mesmo com todas essas suposições, a hipótese mais aceita pelos linguistas é a mais misteriosa.  A expressão em inglês has the cat got your tongue? (o gato pegou a sua língua?) apareceu pela primeira vez na revista Ballou’s Monthly Magazine 53 de 1881 em uma frase que, traduzida, dizia: “O gato pegou sua língua, como dizem as crianças?”.

Portanto, sua origem seria o rico imaginário infantil. Mas de onde as crianças tiraram essa ideia continua um mistério…

 

Foto: Nicholas Erwin

 

[1] Albert Jack é historiador e autor de livros sobre a origem de expressões idiomáticas do inglês, como Red Herrings and White Elephants e Black Sheep and Lame Ducks

 

Comentários desativados.