3 motivos para NÃO brincar de laser com o seu gato

O laser se tornou um brinquedo muito popular por prender a atenção dos gatos e ser extremamente fácil para os humanos, afinal, é só sentar no sofá e mexer uma canetinha. Porém, para os gatinhos ele pode ser um verdadeiro pesadelo se não for usado com consciência, por três motivos:

 

1. É muito frustrante!

Imagine ficar tentando pegar algo e nunca, nunca conseguir. Toda vez que você pensa que conseguiu, se vê de mãos vazias de novo. Chato, não é? Para um gato, um caçador nato, isso é horrível! O peludo fica frustrado, nervoso e com baixa autoestima, e não é bem assim que alguém deveria se sentir numa brincadeira, não é?

Na verdade, o laser acaba tendo o efeito contrário de uma brincadeira: causando mais stress e deixando o gatinho mais nervoso do que antes, o que pode levar a vários problemas de comportamento e mal-estar.

 

2. É exaustivo!

Gatos não foram feitos para perseguir a presa, e sim espreitar! Eles são caçadores de emboscada, o que significa que seus corpos são projetados para dar um bote rápido e preciso, mas não para correr por vários minutos seguidos.

Como o laser é fácil de movimentar, muitas pessoas acabam exagerando na velocidade e fazendo o gato correr para lá e para cá, pulando na parede e saltando sem parar, o que ele vai de fato fazer porque está frustrado. Mas, além de muito exaustivo, isso pode prejudicar o pulmão e a saúde física do miau.

 

3. É perigoso!

O laser é uma luz muito concentrada, de um único espectro, por isso pode sim pode causar danos aos olhos, principalmente dos gatos que são tão sensíveis à luz! Não confie a saúde do seu gatinho no que diz a fabricante, ela quer vender o produto, afinal.

Outro perigo envolve a saúde psicológica, já que, quando persegue o laser freneticamente, o gato não exercita a mente planejando uma emboscada como deveria fazer em uma caçada real. Este fato somado à frustração pode levar a uma verdadeira compulsão e gerar um comportamento obsessivo.

 

O que usar no lugar do laser então?

Brinquedos de vara! O melhor, o clássico, o inigualável brinquedo de vara é o sonho de todo gatinho, ele se mexe como uma presa e é dá a sensação maravilhosa de dever cumprido quando é “capturado”. E você terá praticamente o mesmo trabalho que teria com o laser: é só sentar no sofá e balançar uma varetinha. Assim, seu miau ficará contente e saudável, física e mentalmente!

Veja como estimular a inteligência do seu gato durante a brincadeira, aqui.

 

Mas meu gato ama laser e eu quero continuar brincando!

Se mesmo ciente dos problemas acima, você ainda quiser usar um laser para brincar com seu gatinho, use com moderação! Primeiro, nunca aponte o laser para perto do rosto do miau, o risco de atingir os olhos é grande.

Segundo, evite balançar o laser freneticamente e tente fazer com que ele tenha movimentos mais parecidos com o de uma presa (corre, para, corre, para – imagine uma mosca). Por fim, sempre termine a brincadeira direcionando o gato para algo concreto, como um ratinho de feltro, que ele possa pegar e morder com vontade, para sentir que a caçada foi bem sucedida.

 

Foto: Sitoo

Comentários desativados.